<$BlogMetaData$>

sexta-feira, fevereiro 05, 2010

Forretismo e os forretas actuais

Forreta: A origem etimológica da palavra vem da época das invasões napoleónicas, em que era comum esconder o dinheiro num forro na parte de dentro do casaco e era cozido impercetivelmente (…palavra já escrita com o novo acordo ortográfico).

Nos dias hoje, é raro encontrar alguém do género masculino que não seja forreta. Há-os de todos os estilos e feitios, mas a intenção é sempre a mesma. O mais engraçado é que acham que não são, e dão como resposta, sempre que se lhes acusa o dedo de:”eu sou é poupado!”. Claro, quem é forreta poupa, e poupa bem! Ora vejam como ficou o Tio Patinhas?!

Situações caricatas com amigos meus já houve muitas. Desde aquele que nunca pagava sequer o café a uma amiga minha, e uma vez que fomos todos ao cinema, ela pediu para que eu exigisse o dinheiro do bilhete, porque se fosse ela, ele não pagaria:“Tá aqui o bilhete. São 5 euros, por favor!”. Outra que fui com um amigo meu a um restaurante bem conhecido onde as doses são pequenas, e pediu apenas um prato para os dois. E eu:”O quê, mas isso é pouco!!!” Quando veio o prato, constatámos o que eu já tinha dito, e pedi mais um prato. Outro amigo ainda, que uma vez me convidou para jantar em casa dele, e tinha o frigorífico recheado, mas quando me disse pra irmos às compras, eu refutei:”então, mas tens tanta comida no frigorífico” E ele:”Pois tenho, mas foi comprado com o meu dinheiro…” E assim sucessivamente, on, and on…

Para além destas situações e de outras que ficaram por contar, o que salta mesmo à vista, é aqueles indivíduos que mesmo muito depois dos 30 vivem em casa dos pais, mesmo quando têm uma casa comprada sua, mas para outros fins que não viver todos os dias, e o carro topo de gama, telemóvel idem, aparelhagens xpto, que nunca ninguém ouviu falar, sobretudo aqueles que vivem já na sua própria casa e que pagam n despesas associadas à própria, e não podem se dar a esses luxos: afinal o ordenado não estica. É claro que neste exemplo não me refiro aos indíviduos que por baixo salário não têm hipóteses de viver numa casa comprada por si, e não lhes resta alternativa que viver em casa dos pais, infelizmente é assim a vida.

Quanto ao assunto principal do forretismo, resta-me só acrescentar, que encontrei, nesses raros momentos eureka, um amigo que não era forreta. Um bem haja para esse amigo. Pagava jantares, cinemas, cafés, whatever. Mas podem refutar:”ah mas se calhar só pagava às raparigas que estava interessado!” Qual quê? Pagava aos amigos homens também, de tal modo era generoso, que havia alguma rapariga em que estava interessado, e fazia uma festa e convidava todos os amigos. E a rapariga engraçava-se com um dos amigos…azar. Aí, ele brincava com o assunto e dizia:”Vêem? Sou uns mãos largas!”.

Etiquetas:

5 Comentários:

Às 5 de fevereiro de 2010 às 18:59 , Blogger Apulana disse...

Olá,
muito bem! Gostei, se quiseres dá uma saltada ao meu blogue, onde falo entre outros das regras do acordo! Parabéns pelo blogue

Paula
A notícia do Dia

 
Às 5 de fevereiro de 2010 às 20:35 , Blogger Sara disse...

Pois, sei perfeitamente do que estás a falar, ainda hoje estava a falar disso com um colega tuga no trabuco.

Meninos, isso é muito feio, vergonha!

 
Às 13 de fevereiro de 2010 às 23:42 , Blogger Tinta Permanente disse...

ui! não faltam por aí pelintras...

convidei uns "amigos" para um jantar em casa... quando me convidaram de volta, apresentaram-me a conta:13€. E que, como tinham ido às compras e tinham sobrado coisas, que levasse... :\
Claro que não trouxe nada, não foi essa a minha educação.
Mas por falar em educação...não está à venda, e se estivesse...

 
Às 15 de fevereiro de 2010 às 09:22 , Blogger Heidi disse...

é de facto deselegante...
a mim tb já me tinha acontecido idêntico.Convidaram-me para um fim de ano e que levasse sobremesas e bebidas.Depois eles foram às compras e compraram tudo do mais caro que havia (lagostas enormes e outros items) e depois apresentaram a conta, sem ter havido nenhum acordo sobre dividir as contas...

 
Às 10 de agosto de 2010 às 11:18 , Blogger 林思楊偉馨沛 disse...

Pen and ink is wits plough...................................................................

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial